Linux
   Home  |  Notícias  |  Artigos  |  Dúvidas  |  Anuncie  | Comunidades |  Parceiros  |  Contato
Login
Facebook  Twitter
Login


Notícias

Publicado em 12/09/2019 13:26:51

Google Chrome 77 é lançado com várias novidades confira.


 
Embora eu seja mais fã do Firefox e do Opera, isso não muda o fato de que o Google Chrome ainda é o navegador mais usado no planeta.
 
E foi lançado o Chrome 77 com uma nova animação nos favicon de sites, correções de segurança e novos recursos. Confira as novidades desse update e veja como instalar no Linux.
 
O Chrome é o navegador do Google e também o navegador número um no mercado, com uma participação de mais de 65%, de acordo com dados de terceiros da NetMarketShare.
 
O Chrome continua crescendo e sendo atualizado constantemente, agora, na versão 77.
 
Novidades do Chrome 77
 
Chrome 77 é uma grande atualização que vem com notícias interessantes, como uma nova animação nos Favicons (os pequenos ícones da web) das guias enquanto a página está sendo carregada, embora pareça que esta novidade não esteja disponível na versão para Linux.
 
O que está disponível para nós, usuários de Linux, é uma nova tela de boas-vindas que nos convida a personalizar nosso navegador, adicionando favoritos aos aplicativos do Google na barra de pesquisa na página inicial ou em “Página inicial”.
Entre os aplicativos que podemos adicionar estão o Gmail, YouTube, Google Maps ou Google Translator.
 
O navegador também perguntará se queremos usar o Chrome como um navegador padrão e, se dissermos que sim e confirmar nossa escolha, proporemos sincronizar os favoritos, senhas e etc, com outros dispositivos na nuvem.
Um dos novos recursos do Chrome 77 parece ter sido emprestado do Firefox: agora podemos enviar uma guia para outro dispositivo sincronizado com a mesma conta.
 
Por exemplo, se estivermos no Chrome em um celular, podemos enviar a guia que estamos visitando para o nosso PC ou vice-versa.
 
Claro, para ver esse recurso, precisamos fazer login em uma conta do Google.
 
A função de compartilhamento entre dispositivos não é a única coisa que o Google emprestou da Mozilla para o seu navegador.
 
Agora, para melhorar a segurança, o Site Isolation nos protege de cookies, fontes HTTP e outros softwares de rastreamento, mesmo se estivermos visitando páginas controladas por um invasor.
 
Como curiosidade, vale dizer que a versão beta do Microsoft Edge Chromium, que provavelmente chegará ao Linux no futuro, também usa a versão 77, neste caso o Chromium.

Fonte: www.edivaldobrito.com.br

Seja o primeiro a fazer um comentario.




    Logar-se


Links Patrocinados

iCloudWeb - Otimizando Negócios

Impofácil

Bugroon Raízes

Untitled Document

 

Copyright © 2019 SoumaisLinux.com.br . Conteúdo distribuido sob licença GNU FDL