Dicas de como criar uma Composteira em casa

Dicas de como criar uma Composteira em casa. A composteira doméstica é uma solução prática, barata e sustentável, para descarte correto aos resíduos orgânicos da cozinha. Com ela, é possível transformar esses resíduos em um poderoso adubo para hortas e jardins.

A composteira pode ser feita em casa utilizando baldes plásticos e é uma alternativa viável mesmo para apartamentos, pois não ocupa muito espaço, não tem cheiro e não atrai insetos. A construção da composteira envolve fazer furos nos baldes para permitir a circulação de ar.

Instalar uma meia calça ou tela para evitar que as minhocas caiam no líquido resultante da decomposição (chorume) e adicionar minhocas para acelerar o processo de decomposição dos resíduos.

É importante saber quais materiais podem ser colocados na composteira, como restos de frutas e verduras, borra de café, papelão, entre outros, e quais devem ser evitados, como resíduos de carne e folhas de jornal coloridas.

O uso e abastecimento da composteira são feitos em três baldes, onde os resíduos orgânicos são depositados, o composto sólido é formado e o chorume líquido é coletado.

O adubo resultante da decomposição dos resíduos pode ser utilizado em jardins e hortas, enquanto o chorume pode ser diluído em água e utilizado como fertilizante para as plantas.

Materiais necessários para construir uma composteira doméstica

Construir uma composteira doméstica é uma maneira simples e econômica de dar um destino adequado aos resíduos orgânicos da cozinha. Você precisará dos seguintes materiais:

Baldes de plástico com tampa

  • 3 baldes de plástico com tampas são necessários para construir a composteira.
  • Os baldes de gordura vegetal são uma opção ideal, pois já estão prontos para serem usados.

Kit de torneira

  • 1 kit de torneira será necessário para coletar o chorume, líquido resultante da decomposição dos resíduos.

Furadeira ou retífica

  • 1 furadeira ou retífica será utilizada para fazer furos nos baldes, facilitando a circulação de ar.

Meia calça de nylon ou tela de malha fina

  • 1 meia calça de nylon ou uma tela de malha fina será usada para evitar que as minhocas caiam no líquido resultante da decomposição.

Minhocas

  • As minhocas são essenciais para acelerar o processo de decomposição dos resíduos orgânicos. Você pode encontrá-las em lojas especializadas em jardinagem.

Os baldes de plástico serão furados no fundo e nas laterais superiores para permitir a circulação de ar. Além disso, será necessário fazer um recorte circular nas tampas dos baldes para que o líquido resultante da decomposição possa escorrer de um balde para o outro.

A meia calça de nylon ou a tela de malha fina será fixada entre a tampa e a boca do balde, evitando que as minhocas caiam no líquido.

Por fim, a torneira será instalada na lateral do balde para coletar o chorume, que pode ser diluído em água e utilizado como fertilizante para as plantas.

Esses materiais são simples, baratos e fáceis de encontrar, tornando a construção da composteira acessível para todos. Agora que você tem os materiais necessários, está pronto para dar o próximo passo na construção da sua composteira doméstica.

Dicas de como criar uma Composteira em casa

Como construir e usar a composteira

Para construir a composteira, é necessário seguir algumas instruções de montagem. Primeiro, é preciso numerar os baldes de 1 a 3 para facilitar o empilhamento posterior.

Em seguida, é necessário fazer furos nas laterais superiores dos baldes 1 e 2 para permitir a circulação de ar e no fundo dos mesmos baldes para facilitar a drenagem do líquido. Também é necessário fazer um recorte circular nas tampas dos baldes 2 e 3 para que o chorume possa escorrer de um balde para o outro.

Após a montagem da composteira, os baldes devem ser empilhados na ordem numérica, com o número 1 no topo. No balde 1, coloca-se as minhocas junto com o substrato em que estão envoltas.

Veja Também: Como Cuidar de Girassol em Casa

Em seguida, acrescenta-se os resíduos orgânicos da cozinha e uma camada de material vegetal seco, como grama cortada e folhas secas, em proporção de três partes de materiais ricos em carbono para uma parte de materiais ricos em nitrogênio.

A composteira deve ser abastecida todos os dias ou a cada dois, conforme achar melhor. Quando o balde 1 estiver cheio, ele é trocado de lugar com o balde 2, que estará vazio, e o processo se repete. A composteira deve ficar em um lugar arejado, protegido da chuva e do sol.

O tempo para os resíduos orgânicos se transformarem em composto varia de 45 a 60 dias, dependendo de vários fatores.

O composto sólido pode ser utilizado como adubo em jardins e hortas, enquanto o chorume líquido pode ser diluído em água e aplicado nas plantas.

Composteira doméstica e seus benefícios para o meio ambiente

A composteira doméstica traz diversos benefícios para o meio ambiente. Ao dar o destino correto aos resíduos orgânicos da cozinha, contribui-se para reduzir a quantidade de resíduos enviados para aterros sanitários.

Além disso, a compostagem desses resíduos evita a produção de metano, um gás de efeito estufa que contribui para o aumento do aquecimento global.

Ao transformar os resíduos em composto, obtém-se um adubo natural rico em nutrientes que pode ser utilizado em hortas e jardins, reduzindo a necessidade de fertilizantes químicos.

A composteira também é uma alternativa sustentável para o tratamento de resíduos em áreas urbanas, pois ocupa pouco espaço, não tem cheiro e não atrai insetos. Além disso, é uma forma acessível e econômica de produzir adubo para uso próprio.

Conclusão

A composteira doméstica é uma solução sustentável e acessível para dar o destino correto aos resíduos orgânicos da cozinha. Com sua construção simples e barata, é possível transformar esses resíduos em um poderoso adubo natural, rico em nutrientes, que pode ser utilizado em hortas e jardins.

Além disso, a compostagem dos resíduos orgânicos contribui para a redução da quantidade de resíduos enviados para aterros sanitários e para a diminuição da emissão de gases de efeito estufa.

A composteira doméstica é uma forma prática de adotar um estilo de vida mais sustentável e contribuir para a preservação do meio ambiente. Ao criar sua própria composteira em casa, você estará dando um destino correto aos resíduos orgânicos, evitando desperdícios e transformando-os em um composto orgânico valioso.

Esse composto pode ser utilizado como adubo natural em hortas e jardins, fornecendo nutrientes essenciais para o crescimento saudável das plantas.

Experimente criar sua própria composteira em casa e desfrute dos benefícios de um composto orgânico e de um adubo natural. Além de contribuir para o meio ambiente, você também estará economizando dinheiro.

Reduzindo a dependência de fertilizantes químicos e cultivando alimentos saudáveis em seu próprio quintal. Faça a diferença hoje mesmo e adote a compostagem doméstica como uma prática sustentável em sua rotina.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *